quarta-feira, 20 de janeiro de 2010


Alma em Fogo!

Oh, alma que me veste
Dentro dos teus dias de amor!
Esperei-te por todo o tempo...

Chegaste pura de coração
Em fúrias, orgias e paixão
A conquistar o meu momento.

Estremeço no teu amar pleno,
No teu sentir vultoso e obsceno
Fluindo do teu corpo em fogo.

Sim, Amor, os teus beijos...
Que me queima a pele em desejos,
A rogar-me os afetos sem fim...

Almas, corpos sedentos...
O teu querer, os teus sentimentos,
Não dá pra esconder em mim!

(Poeta- Dolandmay)

2 comentários:

  1. como sempre perfeito nao tenho como descrever qual e o mais bonito um agrabde beijo e muito suceso.elis

    ResponderExcluir